quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Chile - Santiago

Ainda quero morar um tempo no Chile. Adoro esse país. Já fui quatro vezes. Na primeira vez, de ônibus de Brasília para Porto Alegre e de lá até Santiago. Atravessar a Cordilheira dos Andes de bus é sensacional. Outro ponto de vista, é ver a bela cordilheira do avião. Tive as duas experiências e digo que ambas valem a pena.
Meu grande amigo chileno, Alvarin Arriba De La Pelota

O Chile tem seus encantos. Além da beleza natural, com montanhas, neve, praias, os vinhos e a comida são deliciosos. Ah, e as pessoas então, super especiais. Temos um graaaande amigo em Santiago, e é na casa dele que sempre nos hospedamos. Mas, vou colocar aqui a indicação de um hotel muito bom.

No Chile, conhecemos: 
- Santiago, a capital
- Valparaizo
- Viña del Mar
- Cartagena/Isla Negra
- Pucon
- Parque Nacional Torres del Paine
- Ozorno


Dicas especiais:

Entrada do "La Piojera"
LA PIOJERA – centro de Santiago – ao lado do mercado central. Botecão de centro de cidade. Tem de tudo. De estudante a guardador de carro. O bar é todo pixado. Mas, é muuuito legal. Recomendo: comer uma ensalada chilena (tomate com cebolas que incrivelmente não ardem, não tenha medo) e tomar uma cerveja escudo ou o típico “Terremoto” (vinho branco com licor e sorvete de abacaxi). Se tiver pique, tomar o terremoto, a réplica e a tréplica. Vai sair de lá trocando as pernas. Lá também tem empanada de pino, arrolado (carne de porco cozida, é meio feia, mas gostosa).
Dirección: Aillavillú 1030 – próximo à estação de metrô “puente cal y canto”

J. CRUZ – em Valparaiso – tradicional “picada” chilena. Restaurante com música ao vivo, cantador de cuecas – música tradicional chilena.
Recomendo comer: chorrillana (prato típico de carne, ovo e batata frita) acompanhada de um bom vinho (pinot noir combina muito bem)
Dirección: Condell 1466, Valparaíso. Lá, pode perguntar que te dirão onde é.

VALLE NEVADO – passeio pela cordilheira dos Andes. Demora 1h30 para chegar na estação de esqui. Tem que alugar carro ou ir de van. Vale a pena se quiser brincar de esquiar, ou só se quiser ficar na neve tomando vinho, comendo queijinho.

LA CHIMENEA – restaurante que fica no centro de Santiago – próximo a torre de TV, Palácio La Monda
Recomendo: se for comer chorrillana em Santiago, esse é o lugar. Tem outros pratos recomendados também, mas lá comemos chorrillana. Único restaurante de Santiago que ainda tem uma chaminé que funciona.
Dirección: Principe De Gales 90 – centro – próximo a torre de tv

BOTECOS EM BELLA VISTA – bairro pertinho do centro de Santiago, cheio de opções para se tomar um vinho, uma chela (cerveja), comer algo. Além disso, tem uma feirinha de artesanato bem interessante na entrada do bairro, ao lado do Rio Mapocho. Já na rua Bella Vista, tem uma galeria com artesanato também, um pouco mais caro, mas bem bonitas as coisas.
Dirección: pio nono – no início dessa rua tem a feirinha, depois vai subindo e encontrando os botecos.

Degustação de vinhos na Concha y Toro
VINÍCOLA CONCHA Y TORO – periferia de Santiago - dá pra ir de metrô, mas a melhor opção é táxi que vai te deixar direto na concha y toro. Liga lá e reserva antes o passeio... pode reservar também pela internet. Recomendo: o tour Marques Casa Concha que além do passeio tradicional também tem uma degustação de queijos e vinho ao final com um sommelier. Quem faz esse passeio tem um desconto de 15% nos vinhos e produtos da marca Marques de Casa Concha na lojinha da vinícola.

EL CIELO: distribuidora de bebidas no centro de Santiago. Lá, é mais barato que nos supermercados ou lojas especializadas em vinhos. Vale a pena ir, se for comprar mais de 6 garrafas de bons e caros.
Endereço: http://www.elcielo.cl/ - San Diego N° 1430, Centro, Santiago.

CERRO SAN CRISTOBAL – uma vista bonita de Santiago – vale a pena ir. É perto de Providência.
Recomendo: ir em um dia de céu limpo.

CERRO SANTA LUCIA – também vale a pena! Bem no centro da cidade tem uma vista muito bonita da cordilheira dos andes. Ao lado do cerro, do outro lado da pista, tem uma feirinha muuito legal com artesanatos e uma lojinha que faz suco na hora (delicioso) – recomendo: suco de arandano (mirtilo).

CINEMA – se der tempo, vai assistir ao filme da violeta parra. Pelicula “Violeta se fue al cielo”. Pode perguntar pro Álvaro se está passando perto da casa dele.

COMER EMPANADA DE PINO – tradicionalíssima empanada de PINO. Vende em vários lugares de Santiago, inclusive na Piojera. É feita com carne de vaca, ovo cozido, azeitona e merquen (uma pimenta defumada dos mapuches). Delicioso lanche rápido.

FUENTE DE SODA ALEMANA – Sanduicheria muito chilena. O mais engraçado é ficar vendo como são preparados os sanduíches já que a cozinha fica no meio do restaurante e os clientes em balcões ao redor, tipo um quadrado. Tem sanduíche com vagem, carne de porco, tomates (os tomates de Santiago são doces, deliciosos) etc. Vale a pena experimentar tomando uma cerveja artesanal.

PASEO AHUMADA: Peatonal cheio de lojas e galerias. Tem umas lojas de departamento que sempre tem promoção, Falabella, Ridley, Paris. É no centro, perto do La Moneda. É um calçadão comercial e um bom local para se fazer o câmbio de dinheiro. Mas lá também estão os famosos cafés com piernas (em que as garçonetes usam microvestidos).

PALÁCIO LA MONEDA: ver o museo do Allende. É subterrâneo e conta a história da mudança que o governo socialista fez no Chile e como foi o golpe do Pinochet que culminou na morte de Allende no La Moneda.

METRÔ: te leva pra todo lado, muito prático e seguro. É bom comprar o cartão, pois nele você insere uma quantia em dinheiro que serve para usar tanto no metrô quanto no ônibus.

Sala de estar da casa de Pablo Neruda
 em Valparaizo - La Sebastiana
EM VALPARAÍSO: visitar La Sebastiana, uma das casas de Pablo Neruda. Muito linda, com guia vc fica sabendo um pouco mais das loucuras do poeta.
http://www.lasebastiana-neruda.cl/ De março a dezembro, de terça a domingo, de 10h às 18h.
Ingressos: 2.500 pesos chilenos.

PLAZA DE ARMAS: É um local bastante movimentado. Ao redor da praça estao construções coloniais como o Correio Central, a Prefeitura, um Museu Histórico Nacional e a Catedral Metropolitana de Santiago, uma construção bem bonita. Estação de metrô: Plaza de Armas.

O sagrado e o profano, Plaza de Armas, Centro de Santiago
Comida típica: arrolado

Isla Negra, onde também tem uma casa de Pablo Neruda



Plaza de Armas, centro de Santiago

Churros, igual aos do "Chaves"

Porto de Valparaizo, onde é possível fazer um passeio de barco

Valle Nevado

Ascensor em Valparaizo


Leia mais:

*As fotos que não estão identificadas foram tiradas por Neblina Orrico/Ruthiere Carrijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário