domingo, 16 de fevereiro de 2014

1 ano da Duna: João Pessoa com a família - Paraíba

Duna: 1 ano
Se você quer passar férias em família no Nordeste brasileiro, tenho uma dica: vá conhecer João Pessoa, capital da nossa querida Paraíba.

Decidimos que o aniversário de 1 ano da nossa filha seria comemorado com uma viagem. O lugar escolhido foi mais que perfeito: a capital paraibana, que tanto nos surpreendeu.

Geralmente quem viaja pra praia com criança prefere lugares onde a água do mar seja quentinha e existam passeios que possam ser desfrutados junto com os filhos. João Pessoa é assim.

Mas, a grande diferença em relação às outras capitais do Nordeste é a tranquilidade da cidade. Mesmo sendo capital, ainda existe aquele clima de cidade do interior, trânsito tranquilo, boas opções de restaurante. A impressão que deu é que as pessoas estão sempre sorridentes e prontas a ajudar os turistas.

Praia de Areia Vermelha
Nos hospedamos em um apartamento alugado através do "Alugue Temporada". Era muito bom, grande, bem ventilado. O único porém é que era preciso andar uns 500 metros para chegar na orla. Não parece muito, mas debaixo de um sol de 30 graus, às 8h da manhã...Por isso, não vou indicar aqui o apê. Mas, no site do Alugue Temporada você encontra outras boas opções.

Alugamos um carro, o que facilitou muito nossa vida. Percorremos todo o Litoral Sul e também fizemos um passeio imperdível: Areia Vermelha. No meio do mar, durante a maré baixa, é formada uma praia linda que dura poucas horas por dia. Vale a pena.

Agora, os lugares mais bonitos estão mesmo no sul da Paraíba. É lá que fica a praia de nudismo mais famosa do Brasil: Tambaba. Não entramos, mas o pouco que vimos surpreendeu. Muito lindo, limpo e organizado.

Tambaba
Coqueirinho
Nossa praia preferida do Litoral Sul foi Coqueirinho, uma praia lindíssima com ótima infra-estrutura. Vale a pena ir para passar o dia. A praça de alimentação não fica na areia, e isso torna a praia especial, pois te dá aquela sensação de praia deserta... Perfeita para ir com crianças.

Água morna, algumas piscinas naturais e poucas ondas quando a maré não está subindo.

Outra dica: é muito fácil andar de carro pelas praias do Litoral Sul, mas a sinalização é um pouco precária. Se você tiver um mapa ou um GPS, não correrá o risco de ficar perdido. Ou então, pergunte aos nativos. São educados e ajudam. Perto de Tambaba, almoçamos em um restaurante muito bom: Arca de Bilú. Comida deliciosa por um preço justo.

Vila Cariri
Para comer em João Pessoa, várias opções: uma das que gostamos mais foi a Praça de Alimentação Popular que fica quase em frente ao famoso Hotel Tambaú, na orla de Cabo Branco.

São vários boxes que vendem tapioca, rubacão, batata recheada, guisado de bode, enfim, comida típica. Experimentamos várias tapiocas, todas deliciosas, muito bem recheadas. Uma tapioca vale por um jantar, é bem grande. Tem uma especial, chamada "tapioca do Miguel" que vale a pena se você estiver com muuuita fome. É gigantesca!

Gostamos muito de outro restaurante em João Pessoa, o Vila Cariri. É perto do Mangai e serve comida típica muito bem feita. Parece que o forte do lugar é o happy hour, pois na hora do almoço, quando fomos, estava vazio. Gostamos. Até a Duna experimentou o guisado de bode.

O Mangai também é sensacional. Na abundância de pratos é muito parecido com o de Brasília, mas com preço mais em conta. Além do almoço, que foi delicioso, aproveitamos para comprar bolo de macaxeira e pão de macaxeira para levar pra casa. Delícia, delícia, delícia. Vale muito a pena.

Na praia do Jacaré
Outro passeio imperdível é o pôr-do-sol na Praia do Jacaré (fica em Cabedelo, município vizinho de João Pessoa), ouvindo o famoso Bolero de Ravel, tocado por Jurandy do Saxofone, desde 1993. Segundo o músico, a música já foi tocada quase 4 mil vezes! Nessa praia fluvial também tem uma feirinha de artesanato muito interessante. A dica é chegar cedo, por volta de 16h45, para ficar num lugar bom. Aqui, para ver o sol se por você tem de pagar uma "entrada" para se sentar nas mesas dos restaurantes que são todos na beira do rio. Não é caro, R$ 5. Além do Jurandy do Sax, outras bandas ficam tocando música ao vivo, forró e outras que animam o início da noite. A feirinha de artesanato fica aberta até 21h.

Bolero de Ravel, por Jurandy do Sax
João Pessoa não é uma cidade abafada. Faz calor, mas a brisa do mar ajuda a amenizar a sensação térmica. Graças a uma lei local que não permite construções com mais de três andares à beira mar. O sol nasce muito cedo, por volta de 5h da manhã, então dá pra aproveitar bastante o dia. É possível ver muitas famílias fazendo turismo, o que facilita, pois restaurantes e hotéis já estão com mais infra-estrutura para receber quem leva as crianças consigo. Gostei demais e recomendo!

*Todas as fotos são de autoria de Neblina Orrico/Ruthiere Carrijo. Peça autorização, antes de usar. Obrigado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário