segunda-feira, 11 de maio de 2015

Dicas para se aventurar pelos 7 bairros mais legais de Berlim

Um amigo da época da faculdade de jornalista, Eduardo Risi, completou recentemente 7 anos de Berlim. Para comemorar, decidiu fazer um tour pela capital da Alemanha, com vários amigos. A proposta foi tomar alguma coisa nos 7 bairros mais legais de Berlim, com o compromisso de, em cada bairro, brindar o aniversário dessa parceria.




Confira o relato e o link para um mapa do roteiro:

"5ª feira passada, no dia 7/5, comemorei (pela primeira vez) "aniversário" em Berlim. Há exatos 7 anos eu cheguei na cidade, dia 7 de maio de 2008. Claro que, dessa vez, eu tinha que comemorar!

Muita coisa aconteceu nesses 7 anos, às vezes parece que eu era outra pessoa quando cheguei! Voces devem conhecer essa sensação: parece que tudo mudou, mas ao mesmo tempo nada mudou... 

Renato Russo já sabiamente colocou: 
"Mudaram as estações / Nada mudou / Mas eu sei que alguma coisa aconteceu /
Está tudo assim tão diferente"

Celebrei em "alto estilo", incentivado principalmente por um amigo italiano, Federico, que sugeriu comemorar atravessando 7 (tudo girava em torno do numero mágico) dos bairros mais legais de Berlim, em cada um parando pra beber ou comer algo. No total éramos como 14 pessoas, mas quase todos fizeram uma parte e não o percurso todo. Os guerreiros fomos obviamente, eu e o Fede, de 6 da tarde até as 6 da manha seguinte...

Os bairros foram os seguintes:

1) Charlottenburg - que é west Berlin, é considerado "mauricinho" pelos outros bairros. O boteco visitado foi Schwarzes Cafe em Charlottenburg;

2) Tiergarten - o bairro onde eu moro, e também ainda west mas já na transicão; O boteco da vez foi The Lir em Tiergarten;

3) Wedding - um bairro bem misturado, e relativamente barato, com presença turca bem forte; Fomos ao Vagabund em Wedding;

4) Mitte - o centro propriamente dito; Aufsturz em Mitte;

5) Kreuzberg - já foi alternativo, hoje é cada vez mais sofisticado e mais caro;Clash em Kreuzberg;

6) Neukölln - já foi (e continua) super alternativo, mas hoje é alternativo-cool. É o bairro dos artistas;  Grau etílico em alta, fomos a um boteco de esquina em Neukölln, mas eu nao vi o nome...

7) Prenzlauerberg - foi o primeiro bairro que eu morei em Berlim. Quando eu cheguei, era alternativo-cool, hoje continua cool, mas é bairro de casais jovens e crianças pequenas. Terminamos a noite no Makum em Prenzlauerberg.

Até agora só tenho uma foto, que estou anexando pra vocês verem. Em pé estão o Hussein (sírio), Clara (brasileira), Federico (italiano), Mara (alema) e eu. Sentados estão dois amigos do Fede, um dinamarquês e uma americana. Depois disso encontrei vários outros amigos, mas ainda não tenho as fotos.... :-( Eu, Fede e Paula terminamos a noite (ou seria começamos a manhã...) da melhor maneira: jogando totó. 

O plano original era um pouco diferente, mas improvisamos muito no caminho (claaaro!) e também tivemos que usar transportes alternativos porque os trens fizeram uma greve que durou até hoje". 

Clique aqui para ver o mapa com o roteiro: https://goo.gl/maps/F2Ji7

Nenhum comentário:

Postar um comentário