segunda-feira, 9 de maio de 2016

Sol, praia, chorinho e Netuno: Caraíva, o paraíso é aqui

Caraíva: um lugar inesquecível
A pequena vila de Caraíva, no sul da Bahia, é um lugar muito tranquilo. Com charme, com atrações. E tranquilo. É o tipo de lugar onde você se sente bem, só por estar lá. Dá pra curtir a calmaria ou as baladinhas do lugar - em família, a dois e até sozinho. Praia de mar e praia de rio. Ondas para os mais esportistas ou o encontro do rio com o mar, uma corrente tranquila de água doce/salgada para quem só quer tomar um banho e descansar. 


A imensidão do Rio Caraíva
Dentro da chamada Rota do Descobrimento e entrocada entre o Rio Caraíva e uma reserva dos índios Pataxós, o pequeno povoado fica mais agitado durante o verão, quando tudo é festa na Bahia.

Pra chegar, você pode pegar um ônibus em Porto Seguro ou seguir de carro até a margem do rio que banha a vila. Deixe aí o seu transporte e tome um barquinho que levará ao paraíso.

As ruas são totalmente de areia, não existindo carros ou motos para atrapalhar o trânsito dos pedestres e das carroças que circulam no lugar. O calçado oficial é havaiana no pé.

Mesmo sendo pequeno, o lugar tem várias boas opções de restaurantes e pousadas, que ofertam deliciosas experiências. Se a grana estiver curta, também existem campings para os mais descolados.


A famosa cachaça Netuno
Nós ficamos hospedados na Pousada Terra, num chalé simples. Achamos um pouco cara a diária, já que a pousada era muito bonita, mas não tinha muita infraestrutura a oferecer, apesar de o café da manhã ser muuuuito bom.

Estivemos em alguns bons restaurantes, como o restaurante da Lagoa. Mas, a maior parte do tempo comíamos na praia, comprando alguns petiscos deliciosos dos nativos que também oferecem cerveja gelada, suco natural de frutas locais, pastel de arraia (deliciosa iguaria local) salgados ou sanduíches muito gostosos.

A cachaça netuno (tipo uma xiboquinha de gengibre) e o pastel servido no Boteco do Pará são delícias imperdíveis em Caraíva, vale a pena experimentar. No Pará, você senta nas mesinhas de madeira na beira do rio e, além de comer, pode aproveitar o belíssimo por do sol de Caraíva.

Pudemos apreciar a boa música do trio Caraivana, um grupo de chorinho que toca durante as noites de verão no Bar do Porto. Neste lugar, aproveite para tomar deliciosas caipirinhas e comer uma pizza feita no forno à lenha.


Soneca da Duna na beira do rio


Nossas dicas:


Alguns netunos depois...
- Vale a pena conhecer Caraíva na alta temporada, quando mais estabelecimentos estão abertos e muito mais gente está visitando o lugar, o que é fundamental, por exemplo, se você gostar de forró;

- Por falar em forró, procure o Forró do Ouriço ou o Forró do Pelé para curtir uma noitada animada e dançar até o sol quase raiar;

- Dinheiro vivo será sempre bem vindo, já que não existem caixas eletrônicos no lugar. Quando estivemos lá, em janeiro de 2016, muitos restaurantes já aceitavam cartão de débito/crédito;

- Use mochilão e não leve muita roupa. Sapato em Caraíva é a chinela havaiana;

- Telefone não funciona. Alguns lugares tem wifi, mas quer um conselho? Se desligue, desconecte. Aprecie o lugar, as pessoas, a natureza, a energia boa de Caraíva.

- A empresa que faz o transporte para Caraíva é a Viação Águia Azul. Para conseguir os dias e horários, vale a pena fazer uma ligação. O telefone é (73) 3281-3469.








Nenhum comentário:

Postar um comentário